A Hamburgueria Curitiba, através dos nomes de seus hambúrgueres, homenageia alguns dos artistas que fizeram história em nossa cidade. Com obras memoráveis, sejam elas na literatura, esculturas, pinturas ou ilustrações, vale muito a pena conhecer um pouquinho mais desses artistas, que escolheram Curitiba, para dar vida à sua arte.

 

Paulo Leminski (1944-1989)

Paulo Leminski nasceu em Curitiba. Foi poeta de vanguarda, letrista de música popular, tradutor e professor. Mestiço de pai polaco com mãe negra, sempre chamou a atenção por sua intelectualidade, cultura e genialidade. Estava sempre à beira de uma explosão e assim produziu muito: é dono de uma extensa e relevante obra. Leminski era um boêmio inveterado e sua obra continua vivo e pulsante.

(www.arte.seed.pr.gov.br)

 

João Turin (1878-1949)

João Turin é considerado o precursor da escultura no Paraná, nasceu em Morretes/PR, Destacou-se e é reconhecido como escultor animalista. Sua obra baseou-se acima de tudo em onças, tigres, leões, tapires, cobras, cães e outros animais, ferozes ou domésticos, que imortalizou no bronze, representadas ora em repouso, ora em acirrados combates.

(joaoturin.com.br) | (www.arte.seed.pr.gov.br)

 

Poty Lazzarotto (1924-1998)

Napoleon Potyguara Lazzarotto, ou simplesmente Poty Lazzaroto, foi um importante pintor, ilustrador e muralista curitibano. Estudou litografia no École Supérieure des Beaux-Arts em Paris, ilustrou livros de Jorge Amado, Graciliano Ramos, Euclides da Cunha, Machado de Assis, Guimarães Rosa e Gilberto Freire. É autor de várias obras de exposição pública em Curitiba.

(www.curitiba-parana.net)

 

Dalton Trevisan (1925)

Dalton Trevisan nasceu em Curitiba. O maior contista brasileiro contemporâneo, recebeu o Premio Camões de 2012, pela importância no gênero do conto. Conquistou também o Prêmio Ministério da Cultura de Literatura, pelo conjunto de sua obra. A publicação do seu livro “O Vampiro de Curitiba” (1965) lhe valeu o apelido, por causa de seu temperamento recluso.

(www.e-biografias.net)

Helena Kolody (1912/2004)

Nasceu em Cruz   Machado, Paraná.  Filha  de   imigrantes  ucranianos   que  se conheceram no Brasil, mudou-se para Curitiba ainda jovem e foi professora do ensino   médio   por   muitos   anos.   Helena   se   tornou   uma   das   poetisas   mais importantes do Paraná, e praticava principalmente o haicai, que é uma forma poética de origem japonesa, cuja característica é a concisão, ou seja, a arte de dizer o máximo com o mínimo. Foi a primeira mulher a publicar no Brasil, em1941. Foi admirada por poetas como Carlos Drummond de Andrade e Paulo Leminski, sendo que, com esse último, teve uma grande relação de amizade pessoal e literária.

Fonte: http://literaturahelenakolody.blogspot.com.br